Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rebacc.crcrj.org.br:80/crc/handle/123456789/2188
Título: A administração do lucro contábil e os critérios para determinação da eficácia do hedge accounting: utilização da correlação simples dentro do arcabouço do sfas nº 133
Palavras-chave: administração de resultados;eficácia do hedge;correlação;SFAS 133;earnings management;hedge effectiveness;correlation;SFAS 133
Editora / Evento / Instituição: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Descrição: O hedge accounting constitui inovação relevante introduzida pelo SFAS 133. Dentro desse critério, operações designadas como hedge deverão ter seus resultados diferidos para o momento no qual os itens sendo protegidos forem reconhecidos. Problema central nessa contabilização é a determinação do quê constitui uma operação de hedge. Os órgãos reguladores analisados neste trabalho apresentam critérios ad hoc para a determinação da eficácia das operações de hedge. Esses critérios não possuem propriedades estatísticas de previsão do comportamento dos ativos no futuro, condição necessária para o sucesso do hedge. Esse tipo de qualificação de hedge introduz enorme subjetividade no processo de reconhecimento contábil, fornecendo ampla margem para manipulação dos resultados. Este trabalho analisa e critica a opção adotada pelo FASB e outros órgãos reguladores e oferece sugestões.
The hedge accounting mechanism is a recent innovation introduced by SFAS 133. According to this method, transactions designated as hedge should have their results deferred to a future period when the hedged items are recognised. hedge characterisation is a central problem in this subject. Regulatory bodies studied in this work use ad hoc criteria to determine hedge effectiveness. Those criteria are not statistically significant in terms of forecasting the asset's behaviour, a necessary condition for a successful hedge. This sort of hedge characterisation introduces more subjectivity into accounting recognition, allowing for manipulation. This work criticises the option adopted by FASB and other regulatory bodies.
URI: http://201.33.23.181:8080/crc/handle/123456789/2188
Outros identificadores: http://www.revistas.usp.br/rcf/article/view/34084
10.1590/S1519-70772003000100002
Aparece nas coleções:Artigos - Contabilidade & Finanças (USP)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.