Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rebacc.crcrj.org.br:80/crc/handle/123456789/2934
Título: O Estado como uma Tecnologia: uma Visão da Evolução do Estado por Meio da Coopetição e dos Ciclos de Hegemonia e de Tecnologia
Palavras-chave: Administração; Administração Pública.;Estado; administração pública; ciclos hegemônicos; ciclos de Kondratiev; coopetição.
Descrição: Este texto busca analisar o Estado como se fosse uma tecnologia em evolução. Para isto se utilizou arcabouço teórico de ciclos de tecnologia (ciclos de Kondratiev), e ciclos de hegemonia, que são tipicamente utilizados para analisar a evolução de tecnologias. Esta análise se concentrou no período do ano de 1492 até os nossos dias. Esta análise se revelou útil para a descrição da evolução do Estado, mas diferenças na velocidade de evolução entre as diversas regiões do mundo demonstraram a presença do fenômeno da coopetição, isto é, nos locais onde a competição internacional era intensa isto forçou uma evolução mais rápida, de forma que a competição induzia a cooperação na evolução, ou seja, havia um fenômeno de coopetição. Finalmente este texto se volta para analisar o caso específico do Brasil, utilizando o mesmo arcabouço teórico, concluindo que a história do Estado brasileiro se encaixa bem nesta lógica de ciclos e de coopetição.
URI: http://rebacc.crcrj.org.br/crc/handle/123456789/2934
Outros identificadores: http://revistaadmmade.estacio.br/index.php/admmade/article/view/102
Aparece nas coleções:Revista Adm Made - UNESA

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.