Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rebacc.crcrj.org.br:80/crc/handle/123456789/2935
Título: OS e Oscip: uma Análise da Abrangência dos Serviços Públicos e do Perfil das Entidades Parceiras em Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo
Palavras-chave: Administração; Administração Pública.;organização social; parcerias; serviços públicos.
Descrição: O objetivo deste artigo é analisar os modelos de parcerias entre Estado e Terceiro Setor nos estados de São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais, com vistas a estabelecer os principais pontos norteadores de cada um dos modelos e compará-los. Os títulos de Organizações Sociais (OS) e de Organização da Sociedade Civil de Interesse Púbico (Oscip) estão legalmente previstos no Brasil há cerca de 10 anos. Desde então, muitas interpretações e visões sobre a aplicação e a finalidade dos títulos permearam as esferas da Administração Púbica, enquanto as experiências foram sendo implantadas e consolidadas nas três esferas de governo: União, estados e municípios. A análise das três experiências demonstra que há mais semelhanças que diferenças entre elas. Contudo, já se consegue evidenciar uma maturação em relação aos modelos originais previstos na esfera federal, especialmente o de OS, que prevê interferência muito grande na estrutura de governança das entidades, que ficam praticamente controladas pelo poder público, com a presença de servidores públicos no órgão deliberativo da entidade.
URI: http://rebacc.crcrj.org.br/crc/handle/123456789/2935
Outros identificadores: http://revistaadmmade.estacio.br/index.php/admmade/article/view/104
Aparece nas coleções:Revista Adm Made - UNESA

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.