Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rebacc.crcrj.org.br:80/crc/handle/123456789/3204
Título: Fatores Preditivos à Desinstitucionalização de Hábitos e Rotinas na Controladoria: Um Estudo de Caso
Editora / Evento / Instituição: Contabilidade, Gestão e Governança
Descrição: O estudo objetiva analisar os fatores que contribuíram à desinstitucionalização de hábitos e rotinas na controladoria de uma empresa, com a mudança do seu sistema de informações. Pesquisa descritiva, de abordagem qualitativa, foi realizada com a utilização das técnicas de grupo focal, entrevista e análise documental, considerando cinco fatores preditivos: pressões políticas, funcionais, sociais, entropia e inércia. Os resultados mostram que o fator preditivo que mais contribuiu ao processo de desinstitucionalização foi o relacionado às pressões políticas na distribuição da mudança do poder, onde todas as categorias foram observadas. Conclui-se que entre os fatores preditivos à desinstitucionalização de hábitos e rotinas se destacam, a partir da mudança do sistema de informações na controladoria da empresa pesquisada, respectivamente, as pressões políticas e inércia.
URI: http://rebacc.crcrj.org.br/crc/handle/123456789/3204
Outros identificadores: https://cgg-amg.unb.br/index.php/contabil/article/view/630
Aparece nas coleções:Revista Contabilidade Gestão & Governança - UNB

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.