Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rebacc.crcrj.org.br:80/crc/handle/123456789/2947
Título: Produção Acadêmica sobre o Consumo na Base da Pirâmide na Área de Marketing: uma Pesquisa Bibliométrica
Autor(es): Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Palavras-chave: Administração; Marketing.;baixa renda; base da pirâmide; publicação em marketing; pesquisa bibliométrica.
Descrição: O presente trabalho realiza um levantamento dos trabalhos sobre marketing e o consumo da base da pirâmide nos artigos do EnANPAD e do EMA entre 1997 e 2010. O método utilizado para atingir os objetivos do trabalho é a pesquisa bibliométrica, que tem se apresentado como uma aliada dos pesquisadores, especialmente em se tratando de uma perspectiva de noção da arte do conhecimento em várias áreas do conhecimento. A principal discussão resultante do trabalho está relacionada com a definição de baixa renda. Alguns autores consideram a classe C como sendo da base da pirâmide, já outros consideram apenas as classes D e E. Os trabalhos, embora diversos, dão idéia do quão pouco explorado é o tema dentro da academia de marketing no Brasil. Todavia, isto é reflexo de um novo nicho de mercado e de um novo nicho de publicação na área. Embora tardio, o assunto é realidade no Brasil e apresenta muitos desafios a serem vencidos. Nessa perspectiva, o estudo pode contribuir para a reflexão sobre a necessidade de se incentivar a pesquisa e a publicação nessa vertente. Pesquisas mais aprofundadas e uma quantidade maior de trabalhos devem ser realizados para que a consolidação dos estudos sobre o tema avance na área de marketing.  
URI: http://rebacc.crcrj.org.br/crc/handle/123456789/2947
Outros identificadores: http://revistaadmmade.estacio.br/index.php/admmade/article/view/183
Aparece nas coleções:Revista Adm Made - UNESA

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.